Prefácio

Acto solene da Inauguração

Ao iniciar o Site não podia deixar de encabeçá-lo senão com uma fotografia que marca indelevelmente o momento em que a minha paixão pelo Hóquei em Patins teve início. Apareço nela, alinhado com a minha equipa, por detrás dos Campeões do Mundo, mal imaginando o destino que o futuro me reservaria. Decorria o ano de 1949, tinha eu catorze anos, quando a Selecção Nacional Portuguesa foi a Moçambique inaugurar o então novo ringue do Grupo Desportivo de Lourenço Marques.

Eu e o meu amigo Artur da Silva Vicente (Careca)

Dois anos antes, no Pavilhão dos Desportos, em Lisboa, Portugal tinha conquistado o primeiro Campeonato do Mundo, abrindo caminho a inúmeras vitórias internacionais ao longo das décadas seguintes.

O efeito desse acontecimento foi fulminante e galvanizou várias dezenas de garotos que ouviam os relatos que chegavam pela rádio. Se bem que já praticassem a modalidade, a conquista do título mundial impulsionou-os para uma prática mais intensa, jogando-se entusiasticamente nas ruas, nos clubes, nas escolas e nos liceus.

Todavia, foi a observação directa das actuações dos jogadores da Selecção Nacional que mais impacto teve nas mentes da garotagem que, durante dias, assistiu fascinada a exibições e resultados invulgares. Em termos concretos, foi-lhes revelado até que ponto se podia chegar na prática da modalidade e as sementes lançadas não foram desperdiçadas.

Dez anos depois, meia dúzia desses miúdos, tornavam-se Campeões do Mundo e da Europa e vencedores de Montreux e da Taça Latina, iniciando um novo ciclo na modalidade do Hóquei em Patins Mundial que durou vários anos.

SNECI x Sel. Nacional - De pé, da esq: Soares, Armando Silva, Emídio Pinto, Marciano, Edgar, Trindade e Lomba Viana. Agachados: Velez, Vieira, Raio, Marques Pinto, Correia dos Santos e Cardoso.

Para a história desta magnífica digressão da Selecção Nacional por Lourenço Marques, presto homenagem aos incríveis jogadores que a compunham: Emídio Pinto e António Martins, guarda-redes, António Raio, Álvaro Lopes, António Henriques, Edgar Soares, defesas e médios, Correia dos Santos, Velez, Joaquim Miguel e Manuel Soares, avançados, sem esquecer Jesus Correia que não pôde acompanhar este conjunto, aos quais ficaríamos reconhecidos pelo contributo que deram ao terem acendido a mecha que fez explodir o Hóquei em Patins em Moçambique.

No programa da inauguração do rinque do Grupo Desportivo, teve lugar o jogo da Selecção Campeã do Mundo contra a equipa do Sindicato Nacional do Empregados do Comércio e da Indústria, a partir daqui sempre designada por SNECI, que teve a particularidade de ter feito alinhar o mais jovem guarda-redes de sempre, o Marciano Nicanor da Silva, que sofreu uma goleada de 30 golos, sem culpas para ele, pois os colegas à sua frente, surpreendidos, foram incapazes de travar os adversários que passavam por todos os lados.

Com os Seniores - De pé, da esq: Cardoso, Armando Silva e Boneco Marques Pinto. Agachados: Marques Pinto, Marciano e Velasco

Esta foto emociona-me, pois foi com surpresa que me mandaram equipar. O meu entusiasmo foi de tal ordem que não me apercebi que tinham escondido uma joelheira. Eu bem procurava por ela, mas o de boné encheu-me os ouvidos com a seguinte frase: “Rápido, puto, o fotógrafo não vai esperar por ti!”. Desisti e lá fui de joelho à mostra.

Nesta altura, tanto o Marciano Nicanor como eu, ambos com 15 anos de idade, éramos chamados com frequência para participar em alguns jogos de adultos. Aliás, o Marciano subiu às primeiras categorias bem cedo enquanto que eu fiz o trajecto como júnior “A“, (o SNECI inscreveu 3 equipas, “A, B e C“), bem como o de segundas categorias, cujos Campeonatos Distritais vencemos. Na época 1952/53, aos 17 anos, passei a actuar definitivamente como titular de seniores.

10 Responses to Prefácio

  1. Ze Carlos says:

    Xico:
    reconheco o Armando Cardoso, a esquerda, de pe, sera?
    E quem e o do bone?
    Ze Carlos

  2. Velasco says:

    As fotos serão todas legendadas. De pé, da esq. – Armando Cardoso, Armando Silva, o do boné, Boneco Marques Pinto. Agachados: – António Marques Pinto, Marciano Nicanor e eu.

  3. Tony says:

    Hi unk,

    Great site & good job – Well done!!!!!

  4. Velasco says:

    Hi, Tony
    Thanks a lot, coming from you it has a meaning.

  5. Carlos Pereira says:

    Amigo Francisco.

    Quando pensais actualizar a vossa fotografia que encima a página?
    Pelos meus cálculos foi tirada há mais de 15 anos!

    Cumprimentos

  6. Velasco says:

    Caro Carlos Pereira
    Conheço um par de Carlos Pereiras e nesta sua curta mensagem não consigo identificá-lo. Por outro lado, a “amigo Francisco” é bastante conciliador daí que respondo a este seu comentário que representa um grande elogio à minha pessoa.
    Publiquei este meu Site no dia 11 de Agosto de 2010, e a fotografia que o encabeça foi tirada pela minha nora em Dubai, em princípios desse mesmo ano. Faça as contas que eu hoje vou adormecer embebido, por saber-me 13 anos mais novo que os seus cálculos.
    Cumprimentos retribuídos.

  7. Carlos Pereira says:

    Amigo Francisco.

    Regozijo-me muito por saber que há sensivelmente 15 anos que parou de envelhecer.
    Muitos parabéns e que assim continue por muitos e bons anos.

    Reitero os meus cumprimentos

    Pereira

  8. EDUARDO COSTA says:

    FIQUEI MAIS QUE CONTENTE QUANDO O MEU FILHO ME DEU A NOTICIA DO TEU EMAIL E RECEBI O TEU “LENÇOL”, NADA TTENHO A COMENTAR PARA ALEM DA ALEGRIA QUE ME TROUXE MAS PREFERIA QUE SEMPRE QUE QUEIRAS CONTACTARME FALO PELO SKIPE VISTO QUE PODEMOS ESCREVER OU BATER UM PAPO LEMBRAR AQUELES BONS TEMPOS. UM ABRAÇODE ALE `GRIA.

  9. Jaime da Cunha Guimarães says:

    Caro Velasco, essa equipe que você defrontou , via-a como reserva no Mundial do Porto (56 ?) de Matos , Edgar , Cruzeiro, Lisboa e Perdigão. Embora não tenha visto ¨ao vivo¨ a sua , foi com certeza a melhor. Assisti no rinque aos mundiais do Porto , São Paulo e Sertãozinho. Abraços. Jaime

  10. Velasco says:

    Caro Guimarães

    No meu Prefácio não joguei contra nenhuma Selecção Nacional. Quando esta nos visitou eu tinha 14 anos de idade e só estou no rinque para a apresentação dos Campeões do Mundo cuja digressão por Lourenço Marques visava a inauguração do novo recinto do Grupo Desportivo dessa cidade.

    No que diz respeito a 1956, na cidade do Porto foi realizado o XII Campeonato do Mundo e XXII da Europa. A Selecção Nacional que disputou a final com a Espanha no dia 2 de Junho, era constituída por – Efectivos: Matos, Edgar, Cruzeiro, Lisboa e Perdigão. Suplentes: Jesus Correia, Correia dos Santos e Vilaverde.

    Esperando que tenha ficado elucidado, retribuo o abraço.

    Francisco

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *